TRANCA RUA

O Guardião Dos Caminhos 



Não importa quantas vidas vivi e quantos nomes já tive, o mais importante é quem hoje sou.

Atualmente sou um servo de Deus e um Missionário da luz, que independente do traje que uso e do caminho que escolhi, sou um pescador de almas, assim como Jesus foi um pescador de homens. Há muito tempo em uma vida pretérita, fui um centurião romano. 

Servi durante muitos anos, o homem que lavou suas mãos e pediu-me a crucificação de Jesus. Fui guerreiro duro e experiente no exército romano. Tinha sido ativo em muitas das guerras de Roma quando eles expandiram seu império em torno do mundo. Vivi intensamente e tirei a vida de muitos, tanto no campo de batalha como em meu papel de carrasco em Israel sob o governo de Pôncio Pilatos.

Fui um homem usado para a morte e usado para matar. Nem sequer hesitei quando martelei os cravos nas mãos de Jesus, mãos essas que antes abençoaram as crianças, curaram os doentes, multiplicaram o pão e ressuscitaram os mortos. Ao pregar seus pés, que haviam caminhado pela terra e sobre as águas, eu estava "fazendo o meu trabalho". 

Quando a cruz foi posta em seu lugar, e Jesus gritou em agonia, eu estava "apenas seguindo ordens". Eu não senti vergonha no que estava fazendo.

Durante muitos séculos, após meu desencarne reconheci que quando estava martelado os cravos em suas mãos, era nosso pecado e o amor de Jesus por nós que o manteve lá. 

Percebi que cada um de nós que estávamos na carne naquele momento, fomos responsáveis pela crucificação de Cristo. Hoje digo "que provaram a bondade da palavra de Deus e os poderes da era vindoura e que caíram, sejam trazidos de volta ao arrependimento. À sua perda, eles estão crucificando o Filho de Deus de novo e sujeitando-o à desgraça pública." Hebreus 6:4-6

Para mim que na época era um centurião, isso foi apenas mais uma crucificação até que comecei a reconhecer quem era Jesus. Mateus 27:54 diz: "Quando o centurião e os que com ele vigiavam Jesus viram o terremoto e tudo o que havia acontecido, ficaram aterrorizados e exclamaram: "Verdadeiramente este era o Filho[h] de Deus!" Você reconheceu Jesus por quem Ele é?

Eu como o centurião, nunca tinha ouvido ninguém orar antes dele: "Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que estão fazendo". (Lucas 23:34). A maioria das pessoas presentes em sua crucificação só lançavam insultos e ódio a mim e aos meus soldados por estarmos torturando e executando-o, mas Jesus mostrou-nos amor e compaixão.

Romanos 5:10 ensina: "Se, sendo nós inimigos de Deus, fomos reconciliados com ele pela morte de seu Filho, quanto mais, tendo sido reconciliados, seremos salvos por sua vida!" 

Cada um de nós tem um tempo em nossas vidas que nós éramos inimigos de Deus. 

Quando pensamos nas coisas que fizemos e nas decisões que tomamos, é fácil concluir que Deus nunca escolheria ninguém como nós. Talvez não tenhamos pego o martelo para martelar os cravos nas mãos de Jesus, mas Isaías 53:5 nos lembra: "Ele foi traspassado pelas nossas transgressões, ele foi esmagado pelas nossas iniqüidades; O castigo que nos trouxe a paz estava sobre ele, e por suas feridas fomos curados.

Meus olhos estavam abertos às minhas próprias falhas, mas, além disso, o poder e a graça de Jesus, me fez exclamar: "Certamente ele era o Filho de Deus!" Os escritores do evangelho tomaram minhas palavras inspiradas pelo Espírito Santo e as incorporaram nas Escrituras como um testemunho vivo de quem Jesus é. Jesus transformou-me de um endurecido carrasco numa testemunha de sua divindade por todos os longerimos tempos de minha existência. Independentemente do que disse ou fiz a Jesus, sua graça foi poderosa o suficiente para me perdoar e transformar a minha vida, para que eu me tornasse um testemunho de seu grandioso amor...


Faço reverência a vós mestre TRANCA RUA, vós que SOIS o mistério sagrado da criação, vós que sois a manifestação do divino, peço que nesta noite possa se manifestar entre nós, CONFORME nosso merecimento.

No seu poder, na sua força, e na sua magnitude, pelo caminho tripolar que emana de VÓS, pelo caminho que só vós conheceis, pela força que só a vós pertenceis, E pelo poder de trancar a VÓS concedido, Eu peço: 

Que as trevas que habitam em mim sejam trancadas, que o ódio e o sentimento impuro que emana da minha alma sejam trancados, que a falsidade que exala dos meus poros sejam trancadas, que o rancor e a miséria que habitam o meu coração sejam trancados, que a dissimulação e a superficialidade que nasce da minha língua sejam trancados, que o egoísmo e a maldade que transcendem da minha mente sejam trancados, que a palavra torta que sai da minha boca e o pensamento roto que sai da minha cabeça contra o próximo sejam trancados, que a capacidade que os meus olhos têm de amaldiçoar e destruir sejam trancados, e assim, fonte primária da criação, assim que trancar a tudo isso no seu âmago, pois é na vossa essência que tudo isso se desvitaliza, peço a VÓS que:

Destranque todas as portas do meu caminho, destranque todas as passagens da minha jornada, destranque toda prosperidade material e espiritual, destranque o meu coração das amarguras, destranque o meu sustento de cada dia, destranque os meus corpos espirituais e o meu corpo material da agonia, do desespero e da aflição que me assolam na calada da noite, destranque o meu emprego, o meu negócio e a minha morada material, destranque o martírio familiar pelo qual eu tenho passado, destranque os meus olhos para as maravilhas do mundo espiritual, destranque a minha liberdade!


O Triângulo Fluídico representa os três aspectos em que a Lei da Umbanda trabalha no mundo astral ou da forma (o mundo da forma é a maneira pela qual as Entidades se manifestam aqui no planeta).

Representa a síntese do movimento da Umbanda e foi traçado primeiramente no astral, sendo posteriormente traçado nos céus aqui na América, quando a espiritualidade superior decidiu implantar a Umbanda no planeta.

Representa a Vontade, a Sabedoria e a Atividade dos Orixás. Sua conseqüência é o equilíbrio da manifestação. 

Manifestação no Triangulo da Forma. Sua representação. Seu efeito no mundo fenomenal. 

Os Exus se dividem em seus triângulos da seguinte forma:

Exus da Água 

Pombas Gira - Exu Tranca Rua e Gira Mundo

Exus do Ar  

Exu Tiriri -  Exu Marabô e Exu Pinga Fogo

Exus do Fogo

Exu Tranca Rua - Exu Sete Encruzilhadas e Exu Gira Mundo

Exus da Terra

Exu Tiriri - Exu Marabô e Exu Pinga Fogo


Quem é Tranca Rua?

É o Guardião dos caminhos, companheiro dos Pretos Velhos, Caboclos, aparador entre os homens e os Orixás, lutador incansável, sempre de frente, sem medo, sem mandar recado. Um espírito muito doutrinado atuando dentro de seus mistérios, regendo seus domínios e os caminhos por onde percorre a humanidade. Senhor do mundo espiritual onde está sua origem e sua morada. Senhor dos caminhos, orixá mensageiro e vencedor de demandas. 

Na UMBANDA, Exu Tranca Rua não é considerado como um guardião, mas como uma entidade em evolução que busca, através da caridade, a evolução de si mesmo. Nao é uma peculiaridade só dos Exus, mas de todos os espíritos no infinito cosmo espiritual. 

A falange de TRANCA-RUA é dividida em 7 sub-falanges. Cada sub-falange tem a direção de um Tranca-Ruas específico, como se fosse um batalhão - cada batalhão, um general:

1ª Falange comandada por Tranca-Ruas das Almas

2ª Falange comandada por Tranca-Ruas de Embaré

3ª Falange comandada por Tranca-Ruas das Ruas

4ª Falange comandada por Tranca-Ruas das 7 Encruzilhadas

5ª Falange comandada por Tranca-Ruas das Porteiras

6ª Falange comandada por Tranca-Ruas das 7 Luas

7ª Falange comandada por Tranca-Ruas das 7 Giras

Em síntese, O grande agente Mágico do Equilíbrio Universal... Dr. Tranca Ruas tem o poder de fechar e abrir os caminhos para o ser humano e também de ter as almas perdidas sem luz como escravos para prestar-lhe reverências e fazer o que ele ordenar. Este é um dos motivos pelo qual ele foi enviado aqui no plano físico, para pegar as almas perdidas e formar uma hierarquia para que todas as almas perdidas fossem transformadas em seu exército, e desta forma encontrem o caminho novamente para a luz.

TRANCA RUA (O Guardião dos Caminhos), não deseja ser amado ou odiado, mas apenas respeitado e compreendido. 

Seu trabalho é a Força Sagrada do Divino Criador, ele é o portador supremo da Vitalidade! 

No princípio era o Verbo e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus. João 1:10

O Verbo estava no mundo, o mundo foi feito por intermédio "Dele", .

O Verbo significa a palavra. Gênesis, Capítulo 1:3. Disse Deus: haja luz. E houve luz..

Começo esse artigo por investigar a "Genese" descrita na bíblia. 

Definem-se os verbos tradicionalmente como as palavras que indicam ação, estado ou fenômeno da natureza, usados também para ligar o sujeito ao predicado. Podemos comparar o verbo bíblico ao que o filósofo do século XVII Spinoza chama de potência de agir, Deus para Spinoza é a substância infinita que manifesta sua essência através de infinitos atributos e qualidades. Os atributos devem ser compreendidos separadamente, um nunca depende do outro, embora todos dependam da substância, ou seja, cada atributo expressa uma parte diferente e imutável de Deus.

Logus ou verbo em grego inicialmente significa palavra, porem para os filósofos gregos como Heráclito, logus passa a ser um conceito filosófico de Razão que é a forma deliberada de pensar racionalmente do individuo ou Principio de ordenação divina do todo.

Ambos os pensadores cada um ao seu tempo tem uma definição de Deus, e como ele é infinito e causa Primeira de tudo e de todos continuaremos nessa vã tentativa de conceber o inconcebível, porem se somos segundo os gregos parte do todo que é Deus, o conceberemos também em partes ou segundo a individualidade de cada um.

Todos os seres criados por Deus foram dotados dessa potência de agir, porem ao seres humanos foi dada essa potência de agir deliberadamente ou racionalmente, diferente dos animais que tem essa potência de agir instintivamente. 

Ao falar do mistério TRANCA RUA o abordarei com essa visão elevada á partir do verbo trancar que significa Ato ou efeito de trancar. Ato pelo qual se faz cessar o processo ou se lhe põe termo, abordarei o Mistério Tranca Ruas segundo a forma própria de se expressar toda ela envolta de religiosidade. Se acima descrevi que Deus é ação, pois o verbo é ação, então o verbo trancar é uma Divindade Mistério De Deus e realiza a ação trancadora ou de trancar tudo que entrou em desequilíbrio e desarmonia na criação de Deus através dos muitos agentes ou seres ligados a esse mistério divino trancador.

Vou começar do principio que é as Sete Linhas de Umbanda, composta por Sete irradiações Divinas por onde se manifestam vários Orixás que são na verdade qualidades de Deus nosso Divino Pai (Olorum).

As Sete Linhas são representadas por sete sentidos divinos classificados como: Fé, Amor, Conhecimento, Justiça ou Razão, Lei ou Ordem, Evolução e Geração. 

Vou abordar uma das sete irradiações planetárias e divinas que é a irradiação da Lei Maior, cujo atributo principal e primordial é ordenar tudo e todos na criação de Deus, desde a ordenação da quantidade de células de um corpo humano, até a ordenação de energias e amalgamas químicos para a formação de uma estrela. Estou falando do Divino Trono da Lei, onde todos os verbos divinos ou energia viva, ativa e pensamente, ou simplesmente como aduz Spinoza, potência inteligível de ação responsáveis pela ordenação da criação, agrupam-se nesse Trono ou qualidade individualizada de Deus e distribuem-se em milhares de funções onde para cada uma das funções, uma Divindade Mistério de Deus é gerada para assumir essa qualidade e a partir daí formar sua hierarquia responsável pela ordem em cada campo ou sentido da criação.

São qualidades Divinas (portanto individualização ou Mistério de Deus) todos os aspectos da Lei Divina que visa a ordem, a harmonia e o equilíbrio dos meios para que nele a vida possa fluir em todos os sentidos. Se nomearmos (segundo a Bíblia Sagrada) para cada verbo divino ou palavra realizadora de Deus uma Divindade ou um Anjo como queira, Faça-se a Luz e a Luz se Fez. 

Temos ai um Anjo ou Divindade manifestadora da qualidade de Deus , cujo atributo é Fazer tudo na criação, esta qualidade de Deus manifesta-se através da Sua irradiação da Fé, cuja Divindade Planetária é responsável por Fazer, Modelar e Cristalizar tudo que existe na criação ou mundo manifestado.

Porem ao "FAZER" devemos "fazer" algo e esse Anjo, Deva, Orixá ou Divindade de Deus é a própria manifestação de Deus na sua qualidade fazedora, porem como essa qualidade é abrangente, então essa Divindade-Mistério cria a suas hierarquias e aquela divindade mistério lá na Gênese ou criação do mundo, foi responsável por fazer a "Luz" e a "Luz" se fez, -faça-se as águas e a Divindade-Mistério que é responsável por essa ação na criação fez as águas e assim sucessivamente tudo foi feito sob a regência da Irradiação Divina da Fé, sob o amparo da Divindade-Mistério ou verbo divino cuja a qualidade primordial é fazer tudo na criação e a ação foi executada por sua hierarquia de acordo com cada coisa a ser feita, e no caso da luz , foi feita pela hierarquia responsável por iluminar a criação, no caso das águas foi feita pela hierarquia responsável por umidificar tudo na criação de Deus, porem tinha a hierarquia que ficaria responsável por fazer a água salgada e por conseqüência a hierarquia que seria responsável por fazer os animais que habitassem somente aquele meio aquático salino, outra hierarquia responsável por fazer a água mineral ou doce, a água ferruginosa, etc, todas ligadas a potência fazedora responsável por fazer os meios aquáticos, porem cada uma com suas particularidades. 

E assim também tinha uma hierarquia responsável por fazer a Luz do dia , outra a iluminação noturna, a outra responsável por fazer a luz dos espíritos, etc.

Tudo isso abordo, para poder explicar que na Irradiação Divina da Lei Maior que é a quinta irradiação, cujo tributo principal é ordenar tudo na criação, cuja Divindade Natural manifestadora dessa qualidade é o Divino Pai Ogum, tem como atributo ordenar tudo e todos na criação e para tal feito também possui suas hierarquias de seres responsáveis por exercerem determinadas funções na criação para que a vida possa fluir e a evolução dos seres, inclusive nós humanos, possa ocorrer de forma equilibrada e harmônica para que assim todos possamos cumprir nossa função e destino perante o Criador (Olorum). 

Existem vários Seres Divinos responsáveis por manifestarem qualidades divinas ligadas ao Divino Pai Ogum que é em sí a Divindade Manifestadora Dos Mistérios Da Lei, Seres Divinos esse que manifestam qualidades cujo atributos e funções estão todas ligas à Lei Maior, tais como: Romper, Arrancar, Trancar, etc. Todos esses atributos cuja Divindade Manifestadora dessas qualidades ou verbos divinos auxiliares da Lei, a exercem e entra em ação sempre que ocorre o desvirtuamento dos sentidos da vida ou o desequilíbrio em um meio onde a evolução esta sendo prejudicada. É nesse exato momento que essa qualidade ativa de Deus entre em ação através de seus agentes visando Romper as barreiras negativas, Arrancar, Trancar e esgotar os seres desequilibrados emocionalmente cujo desequilíbrio esteja afetando a vida e a evolução dos seres a sua volta.

Veja que usei os verbos divinos (Romper, Arrancar e Trancar) verbos esses que designa uma ação. Esse assunto de verbos é pertinente sim, pois a grande maioria das linhas de ação e reação da Umbanda é formada por verbos divinos, se não vejamos: Linha de Caboclo e Exu Rompe-Matas, Linha de Caboclo e Exu Arranca-Toco, Linha de Exu Tranca-Ruas e Caboclo Sete Lanças, aqui a Lança assume o sentido de vias evolutivas, assim como Ruas também assumem o sentido de vias evolutivas.

Ao nível de comparação e somente de comparação, diríamos que Essas Divindades Regentes de Mistérios Cósmicos, cósmico por que suas funções são ativas, são comparadas a "Policia do Universo" e que em determinado momento tem que agir de forma energética para que a harmonia volte a reinar e a vida continue a transcorrer de forma equilibrada.

Classificamos determinadas funções e ações da Lei Maior como funções ativas, pois suas medidas são enérgicas e os manifestadores dessa qualidade são executores dessa função. 

Classificamos determinadas funções e ações da Lei Maior como funções Passivas, quando suas medidas são preventivas, e somente para maior compreensão vamos dar um exemplo, então vejamos: Quando um Oficial de Justiça lhe entrega uma intimação para comparecer à determinado órgão judicial, essa é uma medida preventiva da Lei sendo sua ação passiva, porem quando essa medida preventiva não surte efeito, logo vem a medida ou ação ativa e mais enérgica, onde o individuo em questão é procurado por executores da Lei (policiais) que realiza a ação de Arrancar a pessoa de onde ela estiver para que seja cumprido o que foi estabelecido e a ordem seja mantida.

Ambos, tanto o Oficial quanto os Policiais, estão servindo o Estado e a Lei, porem o Oficial de Justiça à serve de forma passiva e o policial à serve de forma ativa. 

Tudo isso foi elucidado para que possamos finalmente explicar que o Mistério Tranca-Ruas é um Mistério ou Função ligada ao Mistério Maior Trancador , que por sua vez esta ligado ao Mistério Maior da Lei, que visa manter em equilíbrio, ordem e harmonia a vida em todo os seus aspectos para que todos possam evoluir em paz.

O Mistério TRANCA RUA é um Mistério Cósmico, considerado negativo, somente porque sua realização ou forma de se realizar é ativa, conforme já explicado linhas acima.

Esse mistério é regido pela 5º Irradiação de Deus que é a Lei Maior cujo Regente e Divindade manifestadora é Ogum. Se o fator ou qualidade primordial da Lei é a Ordem, para que a mesma seja mantida são necessários outros atributos ligados a esse fator ordenador.

Então falaremos do Fator Trancador, Divindade-Mistério da Lei Maior que manifesta uma qualidade singular de Deus que é o atributo de trancar todas as ações negativas, desvirtuadas e nocivas ao meio em que a evolução e a vida se processa.

Essa Divindade de Deus é um Trono da Lei Regido pela Divindade maior Ogum e esta assentada à esquerda desse Orixá..

Por analogia, podemos dizer que o trono Regente dessa Função Trancadora, é um Ogum Cósmico, uma Divindade Natural, cuja natureza é ativa, pois, lida com os excessos dos seres enquanto uma Divindade Positiva, Passiva e Universal lida com a falta ou a carência de um sentido ou virtude.

Posso dizer que uma divindade Cósmica, considerada negativa porque suas ações são ativas e enérgicas, lidam com os desequilíbrios emocionais esgotando os vícios e excessos dos seres para que após serem esgotados de seus excessos, a Divindade Passiva, considerada Positiva porque suas ações são Passivas e calmas, possam doar as energias necessárias e suprirem toda a falta e a carência dos seres, para que só assim possam evoluir em equilíbrio e não mais infringir ou transgredir os Ditames da Lei Maior.

Sendo assim podemos dizer que o Mistério TRANCA RUA é responsável por trancar a via evolutiva, pois (ruas) aqui assume o sentido e o simbolismo de vias evolutivas por onde os espíritos transitam, então esse mistério, tranca a evolução dos espíritos que estão se desvirtuando e desequilibrando a harmonia no meio em que vive. Sendo assim ele esgota os excessos cometidos pelos seres e que estão prejudicando suas próprias evoluções. 

O mistério TRANCA RUA forma par com outra Divindade-Mistério também regida pela Lei Maior que é denominada na Umbanda de Mistério das Sete Lanças, que é Um Ogum Universal, passivo e que atua no reestabelecimento do ser onde após ter seus excessos esgotados pelo seu Par-Mistério Tranca-Ruas, esse Pai Ogum Sete Lanças supre o ser da carência de energias equilibradoras e positivadoras, para que assim possa retomar sua senda evolucionista e em equilíbrio galgar os degraus da Luz da Lei e da Vida. 

Note que simbolicamente (Sete Lanças) Simboliza Sete Vias Retas de Evolução, Sendo o seu Par Natural-Complementar de Mistério, O senhor Tranca-Ruas, onde um (Sete Lanças) Atua Regido pela Lei de forma passiva e suprindo as carências e o outro (Tranca-Ruas) Atua Regido pela Lei de forma Ativa e esgotando os excessos.

No triangulo Divino desse Mistério temos isso: O Trono da Lei Maior o Divino Pai Ogum no ápice ou na parte de cima do triângulo, À direita o Mistério Sete Lanças ou Sete vias Retas de Evolução, e à esquerda o Mistério Tranca-Ruas ou Mistério Maior das Sete Trancas das Vias Evolutivas Desvirtuadas.

E assim de acordo com minha visão parcial, singular, pessoal e intima, posso dizer que fechamos a base desse mistério que se desdobrar em milhares e milhares de linhas tais como: Tranca-Tudo que atua nos sete sentidos, Tranca-Ruas que atua nos caminhos, Tranca-Matas que atua nos campos do conhecimento, Tranca-Ruas das Matas que atua nos caminhos evolucionistas do conhecimentos, Tranca-Ruas das Almas que atua nos caminhos evolucionistas do espirito, Tranca-Jogos que atua nos campos dos raciocínios e da razão, Tranca-Giras que atua no campo ligado aos movimentos regido por Inhansã que forma par com a linha de Tranca-Tumulo ligado ao mistério paralizador regido por Omulu, etc.

É complexo, por isso é Divino e por ser divino é infinito, pois infinito são os mistérios de Deus e várias são as formas de aborda-los e nesse campo tem espaço para todos, pois um mistério nunca se esgota em si mesmo, pois por ser mistério essa é uma de suas qualidades ímpares.

Por isso Deus é um mistério infinito e muitos podem expressa-Lo segundo a sua visão, sem nunca esgota-lo, por isso sendo assim a religião é um mistério infinito, pois é seara ou campo onde manifestamos a nossa concepção de Deus segundo a nossa visão particular e aceita pela maioria, porem que não esgota-o, pois Deus é a própria fonte inesgotável de mistérios. E como Umbanda é Religião, portanto é mistério de Deus e sendo mistério de Deus é infinita, então estamos manifestando a nossa forma particular de aborda-lo e como nos foi ensinado a crer em sua força e manifestação.

Voltando ao Mistério Trancador, a Divindade Cósmica da Lei regente desse mistério, tem suas hierarquias de seres naturais, espirituais e divinos que atuam em todos os sentidos da criação. sabemos que toda a parte cósmica-ativa ou mistério negativo da Umbanda foi assumida pela Divindade Cósmica Orixá Exu que emprestou o seu nome a esses mistérios e facultou um meio dos seres espirituais e naturais retomarem as suas linhas de evolução Sob o amparo da Divindade Exu regidos pelos seus regentes até que aptos estiverem para assumirem naturalmente um grau à eles destinados.

E já que para exercer a função de trancar devemos trancar algo, então assim surge toda uma hierarquia natural que em paralelo com a espiritual, formaram uma enorme e frutífera linha de Exus todas regidas pelo mistério trancador e ai surgem as linhas de trabalhos de Exu Tranca-Ruas das Almas (que significa mistério trancador dos caminhos dos espíritos que atentaram contra a evolução de seus semelhantes.

Tranca Ruas das Matas (que significa hierarquia de seres espirituais e naturais que atuam trancando os caminhos dos espíritos que através do conhecimento desvirtuaram e disseminaram a ilusão na vida do seu semelhante.

Tranca-Ruas das Cachoeiras, que significa mistério da Lei (Ogum) que tranca os caminhos de todos os seres que atentaram contra a concepção da Vida (Oxum) em todos os sentidos da vida , desde um aborto até a concepção de uma idéia virtuosa e positiva para um meio de vida melhor.

Senhor TRANCA RUA é um mistério de Deus e como tal deve ser respeitado e reverenciado, pois é uma qualidade Divina necessária à ordem, à harmonia e ao equilíbrio, onde à vida e a evolução esteja sendo ameaçada.

Senhor TRANCA RUA é um Guardião dos Caminhos e neles é os olhos atentos da Lei Maior, sempre vigilante na sua função que é trancar os caminhos de quem se desvirtuou em sua evolução e ainda assim quer arrastar todos que estão a sua volta impedindo-lhes de evoluírem e ascenderem rumos as suas esferas de evolução.

Sarava O Divino Trono Da Lei Maior

Sarava O Divino Pai Ogum

Sarava O Celestial Pai Ogum Sete Lanças

Sarava O Divino Mistério Trancador

Sarava O Divino Pai Exú

Sarava O Divino Mistério Tranca-Rua

Sarava O Senhor Guardião Tranca-Rua

Exu Tranca-Ruas tem o poder de abrir e fechar caminhos para o ser humano e também para ter as almas perdidas sem luz como escravo fazendo o que ele ordenar.

Por este motivo, foi enviado aqui no plano físico para pegar almas perdidas e formar seu exército e uma hierarquia e, dessa forma, encontrar um caminho novamente a luz através dele mesmo, podendo assim vigiar, receber as oferendas depositadas nas ruas onde o Exu apresenta seu poder.

Ele protege também a entrada nas casas de culto, na umbanda e kimbanda.

As suas oferendas são:

Essa entidade, do reino das ruas, aceita toda oferenda endereçada a ele e entregue nas estradas e encruzilhadas.

Como rei e majestade, recebe suas oferendas em locais específicos ou através do oráculo Ngombo (Oráculo dos Ossos) sob qual senhor Tranca-Ruas também é conhecedor.

Gosta de bebidas finas, malte envelhecido, adoração pelo luxo, pedras preciosas, pratarias, porcelanas e antiguidades valiosas.

Recebe padê como todas as entidades de n'ganga e alimentos de carnes preparados dentro do templo pela pessoa específica do cargo e encarregada de fazê-lo.

Como rei e majestade, recebe suas oferendas em locais específicos ou através do oráculo Ngombo (Oráculo dos Ossos) sob qual senhor Tranca-Ruas também é conhecedor.

Gosta de bebidas finas, malte envelhecido e também vinho tinto seco, tem adoração pelo luxo, pedras preciosas, pratarias, porcelanas e antiguidades valiosas e bons charutos.

Recebe padê como todas as entidades de n'ganga e alimentos de carnes preparados dentro do templo pela pessoa específica do cargo e encarregada de fazê-lo.

ORIGEM HISTÓRICA

O culto a TRANCA RUA iniciou quando a rainha francesa de religião católica, Catarina de Médici, mãe do rei francês Carlos IX, ordenou seus soldados a matarem em nome de Deus todos os protestantes que se reuniam aos domingos pela manhã na praça pública. Este feito ficou conhecido como noite de São Bartholomeu, que deu origem no Brasil ao toque ao Sr. TRANCA RUA, e todos os demais exus.

Assim, 24 de agosto de 1572 , que foi o dia do massacre, na igreja católica é dia de São Bartholomeu, que no sincretismo religioso com os cultos afro brasileiro é Oxum maré, o responsável por elevar aos céus (orún) as almas da terra (aiyê).

Diante disto, Deus (olorún) ordenou ao guardião da terra, o senhor Exu, que tomasse conta deste dia, para que não houvesse mais tantas mortes em seu nome. Sendo assim, as casas de matriz africana realizam oferendas e fazem seus toques festivos em homenagem a exu TRANCA RUA, pedindo proteção, livramento, segurança, contra todos os perigos, ciladas e emboscadas e a morte prematura.

O Sr. TRANCA RUA é considerado o capitão das encruzilhadas, o grande guardião dos caminhos, defensor das mulheres e dos oprimidos, sendo o responsável por comandar uma falange de exus, como exu Capa Preta, exu Meia Noite, exu Curador, exu Caveira e Pombagiras.

"Todos os exus são responsáveis por manter o equilíbrio entre o mundo espiritual e o mundo material, sendo considerado pelos filhos e adeptos de matriz africana o protetor da humanidade".

Sr. TRANCA RUA comanda a maior Falange dentro da Hierarquia dos 7 Focos.

A Campanha do 7°. Foco no plano astral e físico brasileiro, foi a mais extensa, trabalhosa e conflitada. Abrangeu estradas, rodovias, ruas e encruzilhadas, praças públicas, siderúrgicas, penitenciárias, oficinas que tratam de metais, campos e quadras de esportes, quartéis, minas de extração de metais, campos petrolíferos, fábricas diversas etc, etc.

Mesmo antes da conquista das encruzilhadas, os exus das tendas de Umbanda já se reuniam, nas encruzilhadas tarde da noite e na madrugada, para arranjarem "trabalho".

Após a campanha vitoriosa comandada por TRANCA RUA, o local foi oficializado. Ali é lugar certo, para contratação de exus e quiumbas para ajudarem nas empreitadas, nos feitiços e combates a desafetos encarnados e desencarnados.

Só quem convive com o senhor TRANCA RUA pode apreciar seu jeito de ser. Sempre otimista, direto, esbanja energia, sempre pronto a ensinar, ajudar e estimular vocações.

Exceto os Focos dos senhores SETE CAPAS e CAVEIRA que assumiram por completo os espaços respectivos dos hospitais e cemitérios, os outros 4 Focos apenas ocuparam formalmente redutos públicos importantes, somente para convivência regular, sem concorrência nem intimidades com outras almas tradicionais no ofício de outras religiões, desde o Brasil Colônia.

Sr. TRANCA RUA - Exu de serventia de Ogum - no corte de negativos e desmancho ou neutralização de trabalhos de baixa magia trabalha também fechando o caminho das almas insubmissas que não querem ou não conseguem enxergar a luz. Sua falange também atua em abrir caminhos fechados, cortam correntes de intrigas, ódios, vinganças, liberam cargas negativas de casos afetivos conturbados, e realizam descargas gerais ou desimpregnação com os filhos de Ogum.

Caboclo Ogum de Lei representa a Vibração Espiritual Exu Tranca Ruas

Caboclo Ogum Rompe Mato intermediário para Oxossi Exu Veludo

Caboclo Ogum Beira Mar intermediário para Xangô Exu Tira-Toco

Caboclo Ogum de Male intermediário para Yorimá Exu Porteira

Caboclo Ogum Megê intermediário para Yori Exu Limpa-Tudo

Caboclo Ogum Yara intermediário para Yemanjá Exu Tranca-Gira

Caboclo Ogum Matinata intermediário para Orixalá Exu Tira Teima


CONVERSANDO COM SR. TRANCA RUA

Sei que muitos não entendem quem somos. Sei também, que por não saberem, especulam e inventam histórias mirabolantes e porque não dizer, fantásticas até.

Quando não, nos vestem através de seus desejos mais impuros e nos culpam por suas atitudes não condizentes com a Lei Divina.

Mas sou Exú Tranca Rua seu moço!

Sou aquele que entra e sai de todo e qualquer tipo de antro sem sofrer alguma deficiência, tanto energética, quanto espiritual.

E se realizo isto com maestria é porque tenho e sou um Ser de Luz.

Dizem alguns, que não somos bons, nem maus.

Será?

Lhe digo então seu moço, que só sendo muito benevolente, complacente e condescendente, para atuar, e somos nós que atuamos, na vida dos moços e moças em desequilíbrio.

Somos nós, que apesar de conhecermos os erros, as falhas, os desejos obsessivos e o fanatismo inconsequente dos seres encarnados e desencarnados, que ainda assim, atuamos em todos os sentidos da vida ensinando enfaticamente a ação da Lei da Afinidade, Lei da Ação e Reação e da Lei da Atração.

Somos nós, meros Exús, que trabalhamos ativamente na eliminação dos desequilíbrios e vícios do seres, por isso agimos na vida de vocês ativando o que é de merecimento e o que é necessário para sua melhora, ainda que essa ação seja incompreendida e dolorida. E acredite muitos de vocês ainda precisam sentir dor para melhorar, precisam de desafios para superar, precisam vivenciar a escuridão para enxergar a Luz, precisam perder para dar valor ao que têm e sentir desespero para aprender a ter Fé.

Sim, somos os Executores da Lei, porque essa é a nossa missão.

Sim, somos nós que ativamos os merecimentos de cada um.

Propiciamos vitórias e derrotas, pois quase sempre vocês não sabem lidar com a vaidade, o ego, o egoísmo e a soberba que aflora de forma acentuada quando conquistam algo ou alguém.

Exú abre caminhos, mas também fecha, tranca e acorrenta quando vocês se encontram em desequilíbrio e viciados em uma maldade e possessão sem fim. Isso é a Lei!

Somos nós que atuamos no seu negativo para equilibrar a ação.

Exú age conforme a sua necessidade ou merecimento, sempre respeitando a Lei de Ação e Reação.

Exú não faz o que você quer, faz o que a Lei Divina ordena e determina que você mereça.

Exú não faz, não participa e não orienta nenhum tipo de magia para o Mal.

Porque Exú conhece a Lei Divina e a cumpre com perfeição a cada momento. O Mal é a ação do homem que deseja mais do que pode, deve e merece.

Isso é Amor, seu moço! Pois, Exú lida com o que há de mais negativo e asqueroso dentro de cada um de vocês.

E ainda assim, descemos até as mais baixas profundezas para lhes salvar.

Somos nós que ouvimos seus pensamentos mais vaidosos e egoístas, mas ainda assim, trabalhamos duro para que seus vícios sejam eliminados.

Só Exú ama e luta pela evolução de cada ser mesmo conhecendo detalhadamente e lidando com o pior lado de cada um de vocês.

Boa Noite moço, boa noite moça, boa noite a todos! E que cada um tenha aquilo que merece ter.


ORAÇÃO A TRANCA RUA

"Senhor Tranca-Ruas , senhor do Sétimo Grau de Evolução da Lei Maior de Ogum, conhecedor de todas as magias e demandas praticadas por seres sem luz, interceda no caminho de todos os filhos de fé, livrando-nos de toda a energia que possa atrapalhar a evolução de todos os seres iluminados; fazei de meus pensamentos uma porta fechada para a inveja, discórdia e egoísmo.

Dos sete caminhos por ti ultrapassados, foi na rua que passou a ser dono de direito, abrindo as portas para os espíritos que merecem ajuda e evolução e fechando para os que querem praticar a maldade e a inveja contra seus semelhantes. Fazei dos nossos corações o mais puro que nossos próprios atos.

Senhor (Pai) Tranca-Rua agradecemos por tudo que fizeste aprender nesta vida e em outras que passamos lado a lado, rogo por vós a proteção, para os irmãos de fé, para toda a família e porque não para todos os inimigos. 

Abençoe e guarde esses filhos que um dia entenderão o verdadeiro sentido da palavra Umbanda".


"Transparência é o Ponto de Neutralidade Atômica, constituída por Partículas de Energia Quantum, presentes no Universo Cósmico da Criação. Ela estabelece as Leis, a Dualidade e o Equilíbrio Quântico, sobre tudo e sobre todas as coisas que fluem livremente em todas as Direções".

Tranca Ruas


MENSAGEM RECEBIDA DO SR TRANCA RUAS

Não quero seu marafo, não quero seu charuto, não quero sua vela, muito menos os seus elogios.

Simplesmente quero o seu respeito!

Saibam que ninguém pode comprar a minha ajuda, pois ela só será dada para quem tiver merecimento.

Meu trabalho é através da caridade, e apenas para fazer a caridade.

Não adianta de nada me pedirem para trancar os caminhos de alguém, eu não venho a terra para isso.

Não adianta me pedirem para julgar ou condenar alguém, pois meu caráter não se igualará ao de ninguém que me fizer tal pedido.

Não adianta me pedirem para amarrar um "amor", pois se me fizerem tal pedido é porque não tem amor próprio, e se não tem amor próprio não tem o merecimento de ter um amor verdadeiro.

Não adianta me pedirem para fazer algum mal a qualquer inimigo, pois não sou um escravo das trevas que deve obedecer esse tipo de sandice.

Não tentem me enganar com falsos sorrisos, tentando induzir-me, pois eu nesse momento ao olhar em seus olhos estou na verdade observando sua alma negra cheia de rancor.

Não tentem me oferecer como agrado seus ebós com o sangue de um ser vivo, pois eu não necessito de nada orgânico para poder me fortalecer.

Não tentem me enganar com palavras vazias, tentando demonstrar a mim que vocês são vítimas de alguma maledicência, pois quando ao pisarem em minha casa já observei a maldade em seus olhos e corri gira em sua mente buscando suas reais intenções.

Portanto a todos que couberam essas palavras, com toda certeza, já sabem o rumo a tomar.

Se vierem para o bem podem ficar a vontade dentro de nossa casa, e os que aqui chegarem para fazer o mal, deem as costas a esse Exu, pois aqui nada encontrarão.

Trabalho pela caridade, em nome de Deus, e se necessário for vou até as profundezas para tentar salvar as almas perdidas que lá se encontram.

Não aceito e não admito que usem o meu nome, o nome de Senhor Tranca Ruas para fazer o mal.

Não achem que não estou vendo a sua alma, seja ela branca como um dia de sol ou negra como as profundezas donde ficam as almas perdidas.

Independente de tudo, eu estou vendo o que se passa dentro do ser de cada um de vocês.

Que Zambi e Pai Oxalá possam iluminar o caminho de todos.

Boa noite

Laroyê Seu Tranca Rua! Seu Tranca Rua é Mojubá! 

Salve o Mistério  de 🎩 Tranca Rua.🔱 


© 2018 Casa de Santo Filhos do Axé / Unida por uma Umbanda de fé 
Desenvolvido por Webnode
Crie seu site grátis!